Cuidado Integral como essência da prática terapeutica

 

O que é?

Um programa de especialização em Psicologia Transpessoal, criado com o objetivo de qualificar profissionais interessados no desenvolvimento integral do ser humano por meio da abordagem terapêutica transpessoal.

A psicologia Transpessoal é considerada a quarta força em psicologia. Foi oficializada em 1967 por Abraham Maslow, na American Phychological Association, na presença de Stanislav Grof, Victor Frankl, Anthony Sutich, James Fadiman. No Brasil, a disciplina foi introduzida por Pierre Weil, na Universidade Federal de Minas Gerais.

Trata-se de um campo de estudos e práticas que consideram o encontro entre a ciência e a espiritualidade, em uma abordagem integral do ser. Concebe a expansão da consciência para além do ego, correspondendo a um senso de realidade mais amplo, que transcende o raciocínio lógico formal.

É uma proposta inclusiva que supera os reducionismos e integra todas as forças da psicologia, considerando-as na ordem da complementaridade integrativa e não do antagonismo excludente.

Como é?

A metodologia do curso se baseia na abordagem transdisciplinar holística e nos princípios educacionais da Unipaz, por meio de seminários teórico-práticos com aulas expositivas, dinâmicas, vivências e oficinas seguidas de reflexão/compartilhamento. Tem como eixo estruturante 5 disciplinas:
•   Psicologia Transpessoal: Princípios Teóricos
•   Psicologia Transpessoal: Aplicações Práticas
•   Tornar-se Terapeuta: O Cuidado Integral
•   Integração: Anamnese Essencial e Obra-Prima
•   Holosíntese: Teoria e Prática

Para conhecer os módulos e facilitadores, acesse a Teia Curricular das turmas em andamento.

Para quê?

•   Possibilitar a compreensão teórica, histórica, social e psicológica do surgimento e desenvolvimento da Psicologia Transpessoal no mundo e no Brasil;
•   Oferecer espaços e tempos de aprendizado teórico-práticos, por meio da metodologia transdisciplinar holística na abordagem terapêutica da Psicologia Transpessoal;
•   Favorecer a compreensão das dimensões do ser humano e sua integralidade;
•   Qualificar profissionais para cuidar do ser em sua totalidade e plenitude;
•   Promover práticas e experiências que facilitem o autoconhecimento e o autodesenvolvimento nos níveis individual, social e coletivo e sua aplicabilidade;
•   Propiciar recursos e técnicas transpessoais (exercícios psicovivenciais), que tratam dos estados de expansão de consciência.

Para quem?

Este curso é indicado para psicólogos, psicoterapeutas, psicopedagogos, terapeutas, psiquiatras, médicos, educadores, coachs e demais profissionais que necessitam ampliar seus conhecimentos e aperfeiçoar a prática terapêutica por meio da Psicologia Transpessoal, do Cuidado Integral e da Abordagem Transdisciplinar Holística.

Duração e Estrutura Curricular

O curso tem duração de 420 horas/aula aproximadamente distribuídas em:
•   23 seminários mensais de conteúdo teórico-vivencial.
•   1 seminário de Obra-Prima (Transformatura)
•   Encontros de aprofundamento em práticas e vivências transpessoais.

Horário das aulas:
Confirmar na Teia Curricular/Calendário da turma em andamento.

*Alguns seminários têm carga horária estendida – confirmar na Teia Curricular/Calendário da turma em andamento.

Certificação

Certificação Pós-Graduação (Lato Sensu) – Os certificados serão expedidos pela faculdade parceira - Faculdade Vicentina (FAVI), de Curitiba (PR), após o cumprimento dos pré-requisitos, a entrega e a aprovação do TCC ou Artigo Científico.

Investimento

•   Inscrição: R$ 195,00
•   Mensalidade:
•   Opção 1 – 24 parcelas de R$ 755,00.
•   Opção 2 – 27 parcelas de R$ 672,00.

Inscrição

•   Inventário preenchido
•   Entrevista pessoal
•   Ficha de inscrição preenchida
•   1 cópia do RG, CPF e comprovante de residência (digitalizados)
•   1 foto digital 3 x 4
•   1 cópia autenticada do histórico escolar
•   1 cópia autenticada do diploma de graduação
A seleção dos acadêmicos será realizada pela análise da ficha de inscrição preenchida e entrevista pessoal.

 

 

"O homem não consegue esconder sua linguagem inconsciente de um observador avisado... e nem mesmo dele mesmo."

Pierre Weil