A Fraternidade no Islam!

A fraternidade é um dos maiores valores humanos que devemos praticar e deixar de herança para nossos filhos e gerações futuras, pois, é através dela, que há cooperação, proteção mútua, confiança, solidariedade e autopreservação, por isso, o profeta Mohamad, disse: “O fiel é irmão do fiel, não o injustice, não o frustre e não o despreze!”

Para haver harmonia entre as pessoas, é preciso praticar a fraternidade, mais do que falar sobre ela, pois, a fome de uma pessoa, ou qualquer outra necessidade, na maioria das vezes, não são saciadas com palavras, mas com atitudes de humanidade, portanto, não depende da cor da pessoa, do seu gênero, da sua nacionalidade, classe social, religião, ideologia etc. Por exemplo, se uma pessoa tropeça e cai, eu, presenciando isso e tendo fraternidade, dentro de mim, não olho para a sua cor, ou suas roupas, nem pergunto sua opção ideológica, política e nem sua religião. Eu, prontamente, sou impulsionado, naturalmente, a ajudar a pessoa a se levantar.

Esta força que me impulsionou se chama fraternidade. Por isso, Deus diz, no Alcorão sagrado: “E apoiem-se no bem e na adoração e não se apoiem no pecado e na agressão!”. Portanto, devemos nos apoiar mutuamente, praticar a fraternidade, dar o exemplo, iniciando por nós e não esperando que o outro inicie, porque a liderança parte da iniciativa.

É importante sabermos que a fraternidade pode e deve ser praticada em todas as situações, não há limite, como, por exemplo, em situações em que uma pessoa está sendo injustiçada. É dever de todos nós a defendermos, assim, como é dever de todos nós, ao presenciarmos uma prática injusta, impedirmos que a pessoa a pratique. O profeta Mohamad disse: “Auxilie o teu irmão, sendo injusto ou injustiçado!” As pessoas lhe perguntaram: “Ó mensageiro de Deus! Sabemos como auxiliar o nosso irmão, quando ele é vítima de uma injustiça, porém, como auxiliá-lo quando ele é o injusto?” Ele respondeu: “Você, impedindo-o que pratique a injustiça, estará auxiliando-o!

Desejar para o próximo, sendo conhecido ou não, é um dos maiores atos de fraternidade, por isso, Jesus, disse: “Ame o teu próximo, como a ti mesmo!” 


Sheikh Jihad Hammadeh é Presidente do CALCEE – Centro Árabe-Latino de Cultura e Estudos Estratégicos, Presidente do ICP- Instituto Cinco Pilares, Vice-Presidente da UNI – União Nacional das Entidades Islâmicas, Membro do Conselho Superior dos Teólogos e Assuntos Islâmicos do Brasil

Consultor sobre Islam para vários meios de comunicação.

Palestrante, debatedor e entrevistado no Brasil e exterior sobre diversos assuntos ligados à religião, cultura e à história, como também conflitos no Oriente Médio, refugiados e direitos humanos.

X