Nossos Inspiradores

Nossos inspiradores, com suas expressões e ações nutrem, a nossa guiança e o compromisso na busca ambiciosa de caminhos e soluções, que podem possibilitar o despertar de uma consciência de inteireza, de onde emana a Paz nas ecologias individual, social e ambiental, rumo à sustentabilidade com ética e respeito à vida.


Dulce Magalhães
Filósofa, Criadora e Presidente do Festival Internacional da Paz, é Mentora da UNIPAZ São Paulo.


“Aprender é transformar comportamentos, incorporar novos conceitos, refletir e revisar hábitos, compreender e aceitar diferenças. O que não incorporamos como prática, não serve para nada pois não afeta nosso modo de estar no mundo e não amplia a nossa condição de Ser e Viver.”


Pierre Weil
Educador, Psicólogo, Fundador da UNIPAZ e Reitor até 2008.


“É você que com sua transformação contribuirá para a transformação dos outros.”


Roberto Crema
Antropólogo, Psicólogo, Atual Reitor UNIPAZ


“Ninguém transforma ninguém e ninguém se transforma sozinho, nós nos transformamos e nos libertamos no Encontro, a integração e harmonia dos opostos.” 


Lydia Rebouças
Educadora, Psicóloga e atual Vice-Reitora UNIPAZ.


“Se a vida é tão breve, eu vou é curtir a minha o mais que puder. Ninguém sabe quando irá viajar para o outro mundo, tão velado. É melhor eu aproveitar este instante.”


Abraham Harold Maslow – “Você não pode escolher com a sabedoria da vida, a menos que se atreve a ouvir-se, a si próprio em cada momento da vida.”
 
Anne Ancelin-Schützenberger – “Aquilo que não se exprime, se imprime.”
 
Basarab Nicolescu – “Se meu olhar muda, o mundo muda.”
 
Carl Gustav Jung – “Conheça todas as teorias, domine todas as técnicas, mas ao tocar uma alma humana, seja apenas outra alma humana.”
 
Carl Rogers – “Ser empático é ver o mundo com os olhos do outro e não ver o nosso mundo refletido nos olhos dele.”
 
Clarice Lispector – “A felicidade aparece para aqueles que choram. Para aqueles que se machucam. Para aqueles que buscam e tentam sempre.”
 
Dora Coralina – “Todos estamos matriculados na escola da vida, onde o mestre é o tempo.”
 
Edgar Morin – “Todo desenvolvimento verdadeiramente humano significa o desenvolvimento conjunto das autonomias individuais, das participações comunitárias e do sentimento de pertencer a espécie humana.”
 
Eva Pierrakos – “Agora posso agir, pois tenho minha consciência a meu favor, assim como a vontade de amar cada vez mais e melhor.”

Gitta Mallasz – “Para que serve o Anjo? Para nos ensinar a ler todos os fatos que nos acontecem, mesmo os mais desagradáveis, como uma ocasião para crescermos, para nos realizarmos, para nos tornamos melhores.”
 
Jacob Levy Moreno – “O homem tem medo de sua espontaneidade. Seus antepassados da selva temiam o fogo: temeram o fogo até que aprenderam a acendê-lo. Do mesmo modo, o homem temerá viver apelando à sua espontaneidade até que aprenda a provocá-la e a educá-la.”
 
James Hillman – “Mais cedo ou mais tarde, alguma coisa parece nos chamar para um caminho específico. Essa ‘coisa’ pode ser lembrada como um momento marcante na infância, quando uma urgência inexplicável, um fascínio, uma estranha reviravolta dos acontecimentos teve a força de uma anunciação: isso é o que devo fazer, isso é o que preciso ter. Isso é o que sou.”
 
Jean-Yves Leloup – “Estar em paz é estar ‘inteiro’.”
 
Joanna Macy – “O coração que se abre pode conter todo o universo.”

Karlfried Graf Durckheim – “Quando você se lança numa jornada e o fim parece distante, então você percebe que o verdadeiro fim é o percurso.”
 
Lia Diskin – “Quando a ideia da competição e do mais forte prevalecem, não há como manter as estruturas de confiança em que a sociedade se baseia.”
 
Madre Teresa de Calcutá – “Tem sempre presente que a pele se enruga, que o cabelo se torna branco, que os dias se convertem em anos, mas o mais importante não muda: tua força interior.”
 
Mahatma Gandhi – “A força não provém da capacidade física. Provém de uma vontade indomável.”
 
Monja Coen – “Hoje é um dia excelente para que eu descubra meu potencial de vida e o use sem desperdício e sem excessos.”
 
Nelson Rolihlahla Mandela – “Aprendi que a coragem não é a ausência do medo, mas o triunfo sobre ele. O homem corajoso não é aquele que não sente medo, mas o que conquista esse medo.”
 
Nise da Silveira – “Não se curem além da conta. Gente curada demais é gente chata. Todo mundo tem um pouco de loucura. Vou lhes fazer um pedido: Vivam a imaginação, pois ela é a nossa realidade mais profunda. Felizmente, eu nunca convivi com pessoas ajuizadas. É necessário se espantar, se indignar e se contagiar, só assim é possível mudar a realidade…”
 
Paulo Freire – “A alegria não chega apenas no encontro do achado, mas faz parte do processo da busca. E ensinar e aprender não pode dar-se fora da procura, fora da boniteza e da alegria.”
 
Rudolf Steiner -“Se estivermos vigilantes, não passará um só dia sem que aconteça um milagre em nossas vidas.”
 
Stanley Krippner – “Viver miticamente também é cultivar uma relação cada vez mais profunda com o universo e com seus grandes mistérios.”
 
Teilhard de Chardin – “Algum dia, quando tivermos dominado os ventos, as ondas, as marés e a gravidade, utilizaremos as energias do amor. Então, pela segunda vez na história do mundo, o homem descobrirá o fogo.”
 
Vera Saldanha – “É necessário usar sensibilidade e intuição para que haja criatividade, favorecendo a sinergia do masculino e feminino.”
 
Wangari Maathai – “Uma coisa é plantar uma árvore, outra é fazê-la sobreviver.”



“Na realidade não existe nenhuma fronteira em lugar nenhum; todas as fronteiras são criações da mente humana – logo não existem. E é em cima de fronteiras que não existem que se fazem as guerras.”


Pierre Weil

Siga-nos nas redes sociais!

UNIVERSIDADE INTERNACIONAL DA PAZ
UNIPAZ SÃO PAULO

Rua Natividade, 72 • Vila Nova Conceição
CEP 04513-020 • São Paulo • SP
11 5083•4278 • [email protected]ipazsp.org.br

Siga-nos nas redes sociais!

UNIVERSIDADE INTERNACIONAL
DA PAZ
UNIPAZ SÃO PAULO

Rua Natividade, 72
Vila Nova Conceição
CEP 04513-020 • São Paulo • SP
11 5083•4278
[email protected]